sábado, 21 de maio de 2011

Imersão total.

Vânia Moreira Diniz

                                           Foto de Fernanda Moreira Diniz em Porto Alegre


O céu de Brasília está tão azul como minha alma. Sem nuances de borrascas ou escuridão, efetivamente com o maior sorriso que já transpareceu. Passei alguns dias longe de tudo, de qualquer pensamento negativo e mergulhei inteira, em conclusões profundas no mais recôndito de minha alma, no mais prazeroso de meu corpo.


Estou como anestesiada pelo sonho real que vivi, entorpecida por esses momentos e  amando o mundo e a vida de uma maneira tão intensa, que penso estar em outra galáxia.Contemplo e sinto meu próprio coração e suas batidas pausadas acolhem todo o sentimento que dele eclode cheio de colorido e beleza.



Encontro-me em momentos de verdadeira felicidade que meus passos proporcionam  e agradeço essa graça maravilhosa. Olho de um lado a outro do meu familiar escritório e sinto ali emanações que me fazem participar da atividade do universo, de sua força e exuberância, do enriquecimento do meu próprio espírito, da generosidade de meus irmãos, da minha caminhada que por vezes se me afigurava cansativa, mas que se mostra agora compensadora e indestrutível.

Revejo cenas de suavidade e beleza, mas também, instantes difíceis que atingiram os meus passos e nem sequer consigo pensar neles com tristeza. Reflito só na força e maturidade interiores que me transmitiram, mesmo em ocasiões que pareceram difíceis e complexas.

E volto atordoada e fascinada para o mergulho que dei, enfeitiçada pela sedução desses dias, encantada pelas descobertas impressionantes que me marcaram indelevelmente. Esquecidas até das horas, ignorando que o dia é feito de minutos e segundos, deixei-me levar ao sabor do amor, da paixão, vivendo a minha vida intrinsecamente, curtindo cada segundo, experimentando sensações deslumbrantes e compreendendo a  força inexaurível do viver.

E novamente faço do céu azul meu cúmplice nessa fase de minha existência de descobertas numa outra fase de minha vida, beleza inexcedível, recordando o mar  em que fui abençoada , fazendo confidências para que não seja ingrata com as águas, cujo húmus sempre me revitalizou.

Finalmente, posso descansar, deitar, fechar os olhos com extrema ternura e permanecer no encanto desse momento enclausurada voluntariamente em mil pensamentos que resgatam de forma deslumbrante antigos e dolorosos episódios.

E ergo-me gloriosa, sorriso enfeitiçador nos lábios a emergir restaurada e para sempre navegando entre sonhos e realidade na doçura envolvente de minha alma, em sensações inebriadoras do meu corpo e encantada pela minha própria felicidade.

6 comentários:

  1. Mana, olha eu aqui de novo... Adoro ler o que você escreve. É fascinante como consegue colocar em palavras, os sentimentos que a envolvem e fazê-los visitar o coração de seus leitores. Beijão. Cris

    ResponderExcluir
  2. Comentário do Poeta Paulo Peres

    Querida amiga Vânia.
    Parabéns pelo blog Ressurgindo,
    no qual poderemos conhecer ainda mais
    detalhes sobre a vida e a obra da talentosa
    Vânia Diniz.

    Abraços,
    Paulo Peres

    ResponderExcluir
  3. Cara Vânia
    Comentário de Virgílio Arraes
    Parabéns pelo novo projeto. Será mais uma atividade de êxito literário
    Abraço
    Virgílio
    P S: já está marcado nos meus favoritos!_______________________________________

    ResponderExcluir
  4. Mensagem do Prof. Paulo Diniz

    Querida

    Parabéns. Fico orgulhoso da mulher que tenho, além de todos os predicados, é muito competente. Bejão Maridão

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga,

    parabés pela idéia feliz da Cristina. O blog está lindo e a sua felicidade transborda dos textos e nos contagia. Um beijo carinhoso, Vania Serra

    ResponderExcluir
  6. Comentário da Escritora Scyla Bertoja

    Obrigada, Vânia, e Parabéns pela sempre renovada energia e inspiração para continuar. Mereces mesmo um lugar só para a tua história, pois, além de ser uma bela trajetória, leva essa carga de experiências e o merecimento, depois destes anos em que nos deste abrigo e visibilidade. Se há alguém que mereça essa moldura especial, é Vânia Diniz!
    Vou acompanhar o trabalho da designer Cristina Arraes e tenho certeza de que vou apreciar muito esse trabalho especial que ela faz para a mana Vânia. Deus abençoe vocês nessa RESSURREIÇÃO.
    Abraço grande
    Scyla Bertoja

    ResponderExcluir

Você também poderá gostar de:
Ocorreu um erro neste gadget